Open Conference Systems, VIII Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2017

Tamanho da fonte: 
Reflexos das Condições Culturais nas Alavancas de Controle em Incubadoras de Empresas
Iago Franca Lopes, Ilse Maria Beuren

Última alteração: 2017-08-28

Resumo


Esta pesquisa fundamenta-se nas alavancas de controle propostas por Simons (1995) e nas condições culturais apontadas por Hall (2004). Objetiva-se analisar os reflexos das condições culturais nas alavancas de controle em incubadoras de empresas. A amostra não probabilística por acessibilidade da survey compõe-se de 77 gestores de incubadoras de empresas, associadas à Associação Nacional de Entidade Promotoras de Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC). Os resultados da aplicação da modelagem de equações estruturais mostram que as condições culturais se refletem nas alavancas de controle, em termos de adaptação no que tange ao controle de crenças e restrições e uso em termos de controle diagnóstico e interativo. Conclui-se que as condições culturais atuam como contingências holísticas no ambiente das incubadoras pesquisadas, assim são antecedentes das alavancas de controle, ou seja, as condições culturais atuam no processo de adaptação e uso dos controles no ambiente das incubadoras investigadas. Este estudo fornece implicações práticas para o campo das incubadoras de empresas, no sentido de alertar os gestores sobre as condições culturais presentes no ambiente e a relevância de considera-las nas tomadas de decisões relativas a adaptação e uso das alavancas de controle.

Texto completo: PDF