Open Conference Systems, VIII Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2017

Tamanho da fonte: 
Paradigmas e Desafios para a Contabilidade da Água
Natália Dinoá Duarte Cardoso de Brito, Rayla dos Santos Oliveira Dias, Etienne Molles Magalhães, Paula da Silva Lopes, Aracéli Ferreira

Última alteração: 2017-09-03

Resumo


A água é considerada um elemento escasso e objeto de conflito de apropriação e uso, principalmente quando relacionados as atividades empresariais. Este estudo tem um caráter teórico cujo objetivo é verificar, neste contexto, quais são as principais iniciativas e padrões de gestão hídrica e como a contabilidade se insere diante do que é estabelecido nacionalmente e sugerido internacionalmente. Para tal, efetuou-se uma pesquisa e revisão de metodologias existentes de gestão hídrica e de contabilidade da água trazendo como resultados os modelos WASB, o GRI, a Pegada Hídrica, WA+ e SCEA-Água. Apesar de não serem obrigatórios, são adotados por órgãos e entidades públicos e privados, ainda que de forma restrita. Foi verificado que alguns impasses dificultam a contabilização e a gestão: a não obrigatoriedade de evidenciação de informações relacionadas ao consumo; a ausência de uma ferramenta padrão, que permita a sua comparabilidade entre entidades; a dificuldade em atribuir um valor econômico as características essenciais da água.

Texto completo: PDF