Open Conference Systems, I Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis – AdCont 2010

Tamanho da fonte: 
O Custeio por Absorção como evidenciação e ferramenta de gestão para os pequenos e médios empresários.
Oscar Lopes da Silva, Wallace Vieira da Silva, Sidney Pires Martins, Eliane Campos Alves, Marlon Italo Santos Marins

Prédio: Universidade Cândido Mendes
Sala: Sala 1
Data: 2010-10-28 11:00  – 01:00
Última alteração: 2010-10-15

Resumo


A pesquisa propõe um estudo de caso que permite demonstrar como uma empresa teria seus resultados se tivesse que alocar seus custos com pessoal, taxas e contribuições sociais, em dois formatos de tributação: lucro presumido e simples nacional. Esse estudo de caso envolve o custeio por absorção, uma vez que essa ferramenta já é utilizada pelas empresas brasileiras nos seus sistemas contábeis. Mostramos a influência e os reflexos da contribuição previdenciária nas PMEs – Pequenas e Médias Empresas. O uso do custeio por absorção destacando à alocação da contribuição previdenciária patronal nestas empresas como custo. Enfatizamos este critério como uma ferramenta que pode servir ao usuário interno da contabilidade para tomada de decisão, uma vez que este porte de empresa só conta com a contabilidade de custos tradicional, ou seja, para fins fiscais. A proposta é elucidar o reflexo desta contribuição com efeitos tributários no Simples Nacional, no que diz respeito aos efeitos de formação dos custos das PME e como consequência a conscientização da escolha tributária. Não deixando mais os empresários na escolha da tributação simplesmente pelo desembolso, mas sim por uma análise mais apurada da formação de seus custos. As Pequenas e Médias Empresas no Brasil possuem contabilização para se adequar as exigências legais. Poucas usam de fato das informações da contabilidade financeira para gerir seus negócios. O referencial teórico trata da contabilidade de custos, dos conceitos do custeio por absorção, principalmente os que abordam a apropriação de custos, das Normas Brasileiras de Contabilidade – NBC T 19.41 – que trata e normatiza a contabilidade para as Pequenas e Médias Empresas e como a Receita Federal do Brasil. Apresentamos um estudo de caso real sinalizando os efeitos da contribuição previdenciária patronal no custo e nesse tipo de empresa. Ao final, apresentamos nossas análises, quadros comparativos e conclusões.