Open Conference Systems, I Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis – AdCont 2010

Tamanho da fonte: 
A Formação de Instrutores para Condução do Laboratório de Gestão num Curso de Administração.
Murilo Alvarenga Oliveira, Renata de Aragão Torquato, Antonio Carlos Aidar Sauaia

Prédio: Universidade Cândido Mendes
Sala: Sala 1
Data: 2010-10-28 04:30  – 07:00
Última alteração: 2010-10-15

Resumo


O caráter pouco envolvente das aulas expositivas tradicionais revela a necessidade de uma nova abordagem de ensino-aprendizagem, que seja capaz de transformar o aluno em protagonista de suas ações e não apenas mero “receptor” de informações. Para transformar é necessário também que os docentes, que são fruto do processo pedagógico tradicional e possuem formações heterogêneas, sejam instruídos de forma a orientar seus alunos dentro deste novo contexto mais dinâmico e interdisciplinar. O estudo visitou referenciais teóricos como Capacitação Docente (SALM, 2007; LACOMBE, 2007), Aprendizagem Vivencial (HOOVER, 1974; CRIDAL, 2003), Jogos de Empresas (SANTOS, 2003; PIRES, 2007) e Laboratório de Gestão (OLIVEIRA e SAUAIA, 2008). O presente trabalho descreve, através de um estudo exploratório, as principais ocorrências de um curso de Formação de Instrutores, realizado numa IFES no Estado do Rio de Janeiro, para um novo conceito de metodologia educacional proposta por Sauaia (2008), denominado Laboratório de Gestão. O curso contou com a participação de nove docentes do curso de Administração que demonstravam interesse em ampliar as propostas do programa para o curso como um todo, visando assim criar uma nova estrutura de aprendizagem centrada na participação efetiva do aluno enquanto protagonista na construção do conhecimento. Os resultados apontam a formação de visão interdisciplinar, mediante uma nova postura docente, e também o despertar para uma cultura educacional inovadora representada por uma proposta de integração das disciplinas ao programa.