Open Conference Systems, I Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis – AdCont 2010

Tamanho da fonte: 
O Impacto da Contribuição Previdenciária Patronal no Custo das PMEs: um estudo associado à análise do Custeio Variável.
Oscar Lopes da Silva, Wallace Vieira da Silva, Eliane Campos Alves, Flavia Eliane Cipriano, Rafael Gonçalves Alves

Prédio: Universidade Cândido Mendes
Sala: Sala 1
Data: 2010-10-28 11:00  – 01:00
Última alteração: 2010-10-15

Resumo


Este artigo apresenta um estudo de caso que retrata a Contribuição Previdenciária Patronal com base na apuração de custos utilizando o método do Custeio Variável como primeira ferramenta de gestão. Ele partiu de um estudo em 15 empresas do setor varejista – comércio de produtos de construção civil. Trata-se de um estudo comparativo com base na apuração dos impostos no Lucro Real e Simples Nacional, no que tange o impacto da Contribuição Previdenciária Patronal nos custos da empresa e não na análise de desembolso, como é comum no mercado. É este viés que projeta a importância do rateio variável nas decisões dos pequenos e médios empresários. A metodologia apresentada segue o modelo de estudo de casos do autor Gilberto Martins, propondo um estudo comparativo que permite demonstrar como a empresa teria seus resultados se tivesse que alocar seus custos com pessoal, as taxas e contribuições sociais. Assim a pesquisa surge do desejo de entender um fenômeno social complexo. O que se propõe é apresentar os resultados trabalhados na base de rateio do custeio variável e começar a demonstrar melhor para os empresários das PMEs a possibilidade de vislumbrar informação gerencial. O referencial teórico trata da contabilidade de custos, dos conceitos do custeio variável, classificando os custos e despesas em variáveis e fixos, de uma base conceitual da contabilidade gerencial, das Normas Brasileiras de Contabilidade – NBC T 19.41 – que trata e normatiza a contabilidade para as Pequenas e Médias Empresas e como a Receita Federal do Brasil que define as ME – Microempresas e EPP – Empresas de Pequeno Porte. Após este tema estar referenciado é apresentado o estudo de caso, numa empresa de comércio varejista no ramo de material de construção, sinalizando os efeitos da contribuição previdenciária no custo e nesse tipo de empresa. Ao final, apresentamos nossas análises, quadros comparativos e conclusões.