Open Conference Systems, II Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis - AdCont 2011

Tamanho da fonte: 
Estratégia de Responsabilidade Social no âmbito de Bens Públicos no Brasil
Fernanda Filgueiras Sauerbronn, Alexandre Faria

Prédio: Faculdade de Economia e Finanças IBMEC
Sala: Sala 2
Data: 2011-10-13 11:00  – 12:30
Última alteração: 2011-09-26

Resumo


A maioria dos estudos sobre estratégia de responsabilidade social (RS) no Brasil adota acriticamente uma perspectiva voluntarista de ação das grandes corporações do Norte na solução de problemas no Sul. Esses mesmos estudos não reconhecem que o argumento‘borderless world’ em RS reforça e reproduz interesses específicos associados a uma agenda de bens públicos globais (BPG), em detrimento de importantes atores sociais do Sul. Os autores deste artigo adotam uma perspectiva crítico-pluralista para desafiar essa perspectiva utilizando o conceito de agência. O estudo da agência no processo de formação da estratégia de RS de uma grande corporação norte-americana visa a problematizar a interação de seus gestores locais e ‘globais’ junto a atores sociais. Métodos processuais e históricos –como, mapeamento visual, bracketing temporal e analítico– foram utilizados pelos pesquisadores para: (a) revelar a co-determinação da agência por fatores oriundos dos níveis micro-individual, meso-organizacional e macro-estrutural; e (b) problematizar um determinado viés de ação na formação de uma estratégia de RS associada à obesidade. Por fim, o artigo debate os reflexos do processo de formação de estratégias dessa natureza para a interação com atores locais e destacar a fragilidade da literatura de RS em reconhecer a economia política dos BPG.


Texto completo: PDF