Open Conference Systems, III Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis – AdCont 2012

Tamanho da fonte: 
Compras de uma Instituição de Ensino Superior Federal: análise dos critérios de sustentabilidade ambiental
Renato Perez Pucci, Abimael de Jesus Barros Costa, Fátima de Souza Freire

Prédio: Universidade Estácio de Sá
Sala: Sala 3
Data: 2012-10-10 11:00  – 11:30
Última alteração: 2012-09-23

Resumo


Este trabalho tem como objetivo verificar se os critérios de sustentabilidade exigidos pela Lei 8.666/93 e pela Instrução Normativa nº 01, de 2010, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão estão presentes nas compras públicas da Universidade de Brasília (UnB), bem como se esses critérios aumentam o custo de aquisição dos produtos. Para isto, foram analisados os editais de compra de bens por pregão eletrônico realizado pela UnB no ano de 2011. O trabalho foi dividido em duas etapas: a primeira é composta pela análise de 66 (sessenta e seis) editais, por meio da análise de conteúdo, tendo como resultado a criação de um banco de dados. A segunda fase é composta pela comparação dos custos das compras com critérios sustentáveis e sem tais critérios de papéis no formato A4. Para esta comparação, foi criado um índice tendo como base a metodologia utilizada pelo IBGE na criação do Índice de Preços do Consumidor, o IPC. A teoria utilizada para fundamentar a investigação é a Teoria Contingencial. Constatou-se que os critérios encontrados para os editais referentes às compras de papéis A4 dizem respeito à composição dos produtos, sendo os mesmos produzidos de materiais reciclados. Observou-se que a Universidade de Brasília utilizou critérios sustentáveis em cerca de 60% dos editais analisados. Verificou-se também um aumento de 8,8% no custo da compra de papel com critério sustentável, nas condições específicas.


Texto completo: PDF