Open Conference Systems, III Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis – AdCont 2012

Tamanho da fonte: 
Metodologia para Avaliar a Saúde Ambiental: Uma Aplicação em Municípios empregando Análise Multicriterial
José Ribamar Marques de Carvalho, Enyedja Kerlly Martins de Araújo Carvalho, Wilson Fadlo Curi

Prédio: Universidade Estácio de Sá
Sala: Sala 2
Data: 2012-10-11 12:00  – 12:30
Última alteração: 2012-09-24

Resumo


Dentro de um mesmo contexto geográfico é possível perceber grandes diferenças nas áreas de saúde, econômica, demográfica, tratamento e coleta de lixo entre outras, que vem confirmar a tendência de desigualdade existente no país. É dentro deste cenário que a avaliação de cidades segundo indicadores de saúde ambiental se torna um estudo relevante para que se possa estimular a discussão sobre a temática com vistas a propor melhorias no cenário da gestão pública. Nesse cenário, o presente estudo objetiva propor uma metodologia baseada em indicadores de saúde ambiental e na análise multicritério no intuito de analisar a situação da saúde em cidades, permitindo comparar dados ambientais entre municipalidades que integram a Região do Alto Curso do Rio Paraíba. Para tanto, fez-se o uso da pesquisa documental e exploratória e da análise multicriterial. Os municípios de São Domingos do Cariri foi o que apresentou o menor Indicador Multicriterio de Saúde Ambiental, seguido dos municípios de Amparo, Zabelê, São João do Tigre, Congo, Coxixola, São Sebastião do Umbuzeiro, Barra de São Miguel, Cabaceiras, Camalaú, Ouro Velho e São João do Cariri já que estes municípios apresentaram IMSA negativo, ou seja, necessitam de melhores estratégias de gestão pública no intuito de melhorar a realidade local. Por sua vez, as cidades com melhores desempenhos, IMSA positivos foram: Monteiro, Boqueirão, Sumé, Serra Branca e Prata.  


Texto completo: PDF