Open Conference Systems, III Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis – AdCont 2012

Tamanho da fonte: 
Integração Cultural em Processos de Fusões e Aquisições: o Caso ABN AMRO Real
Renato Silva da Costa, Ana Carolina Pimentel Duarte da Fonseca

Prédio: Universidade Estácio de Sá
Sala: Sala 3
Data: 2012-10-11 05:00  – 05:30
Última alteração: 2012-09-24

Resumo


Este estudo aborda os efeitos das manifestações da cultura organizacional nos resultados de fusões e aquisições – especialmente na fase de integração das empresas envolvidas –, operações em que há grande possibilidade de ocorrência de choque cultural devido à interação de grupos com valores distintos. Para compreender de que maneira a alta administração pode interferir neste processo, partindo de uma perspectiva funcionalista – baseada na visão da cultura organizacional como um aspecto gerenciável –, será realizado um estudo de caso sobre a aquisição do Banco Real – brasileiro – pelo ABN AMRO – um banco holandês. A análise de dados engloba dados extraídos de publicações – com as visões do mercado e da diretoria executiva que conduziu o processo – em comparação com os resultados de questionários respondidos em duas redes sociais pelos colaboradores que trabalharam no banco período de integração cultural. Os resultados sugerem a possibilidade de gerenciar fatores culturais, de acordo com os objetivos estratégicos definidos para a aquisição, por meio de um trabalho de gestão de pessoas. Este estudo destaca também a importância da consideração da questão cultural em operações de fusões e aquisições – as quais exigem análises provenientes de diversos campos de conhecimento distintos – e o papel das funções de recursos humanos nesses processos.

Texto completo: PDF