Open Conference Systems, IV Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis - AdCont 2013

Tamanho da fonte: 
A Competição do Mercado, Impacto nos Componentes do Lucro Contábil e no Retorno das Ações
William Brasil Rodrigues Sobrinho, Herbert Simões Rodrigues, Isaac Gezer Silva de Oliveira

Última alteração: 2014-05-26

Resumo


A competição do mercado possui um efeito disciplinador para as firmas, podendo contribuir para melhoria da governança corporativa e redução dos custos de contratos. Em razão do aumento do fluxo das informações e possibilidade de uma maior comparação entre as firmas do mesmo setor, a competição pode limitar a discricionariedade do gestor, inclusive tendo impacto direto na qualidade da informação contábil. Partindo desse pressuposto o presente trabalho investiga a relação existente entre o ambiente competitivo, no qual a firma encontra-se inserida, e a persistência dos lucros e seus componentes (accruals e fluxo de caixa), na obtenção dos lucros e retornos das firmas em períodos seguintes. Foram utilizados como base, o modelo de Dechow (1994), Sloan (1996) e o modelo adaptado de Ali, Hwang e Trombley (1999). Como proxy para a competição foi utilizado o índice de Herfindahl-Hirschman. A amostra contempla as empresas de capital aberto listadas na BM&FBovespa durante o período compreendido entre 2006 e 2012. Os resultados de um modo geral indicam que para a amostra analisada a estrutura de mercado (nível de competição) interfere na persistência dos lucros e altera a relevância dos accruals e fluxo de caixa. Em outras palavras, pode-se argumentar que a estrutura de mercado altera os incentivos dos gestores no reporte das informações contábeis.


Texto completo: PDF