Open Conference Systems, V Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis - AdCont 2014

Tamanho da fonte: 
Análise da Relação entre Persistência e Suavização de Resultados: um estudo num ambiente de convergência às normas internacionais de contabilidade (IFRS)
Ana Carolina Kolozsvari, Marcelo Alvaro da Silva Macedo

Última alteração: 2014-09-05

Resumo


Neste trabalho, é abordada a temática da qualidade da informação contábil no que se refere ao conteúdo informativo da persistência do lucro sob influência da suavização de resultados, uma das possíveis práticas de gerenciamento. Especificamente, investiga-se a presença de suavização como componente significativo na determinação do parâmetro de persistência de lucros anormais. Assim sendo, no presente estudo, pretende-se investigar a articulação destas duas abordagens temporais sobre o lucro pela perspectiva do usuário externo; e especificamente, como estas se comportam antes e após a adoção dos padrões internacionais. Logo, tem-se como objetivo analisar a influência da suavização de resultados na persistência do lucro anormal de empresas de capital aberto no Brasil no período de 2004 a 2013 e como complemento, observar as mudanças de padrões contábeis pela adoção das IFRS como uma oportunidade de articular esta relação em dois ambientes distintos, para um mesmo grupo de empresas. Para tal, são utilizados modelos de estimação de suavização de resultados, baseados nos trabalhos de Eckel (1981) e Leuz, Nanda e Wysocki (2003), e do parâmetro de persistência, presente no modelo de Ohlson (1995). O mercado a ser estudado é o brasileiro, no período de 2004 a 2013, e em dois subperíodos representativos dos ambientes distintos, de 2004 a 2007 como pré-IFRS, e de 2010 a 2013, como pós-IFRS. Espera-se encontrar diferenças significativas para os três períodos, persistência superior após convergência e que as medidas utilizadas para segregar as empresas apontem para maior suavização no período pós-IFRS.

Texto completo: PDF