Open Conference Systems, V Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis - AdCont 2014

Tamanho da fonte: 
Recompra de Ações: um Estudo de Eventos em Períodos Subsequentes
Leandro da Cunha Etchebest

Última alteração: 2014-09-05

Resumo


O presente trabalho concentra-se em uma investigação empírica em um cenário de divulgação de recompra de ações no mercado acionário brasileiro. Este artigo objetiva verificar o comportamento dos retornos das ações em função da divulgação de programas de recompra das mesmas pelas empresas registradas na BM&FBOVESPA, no período compreendido entre os anos de 2008 a 2012, constituindo a hipótese nula (Ho) de que a divulgação de informações referente à recompra influencia positivamente nos retornos anormais das empresas. Para tanto, realizou-se uma pesquisa que empregou a técnica denominada estudo de eventos, para identificar a ocorrência de retornos anormais em 30, 60, 90, 180 e 360 dias após a divulgação. Aplicou-se os testes de hipótese e de igualdade para os retornos anormais que apresentaram normalidade em suas distribuições, para determinar se os mesmos possuíam relevância estatística. Foram identificados 158 eventos dentre 105 empresas. Os retornos anormais em média foram negativos e os testes estatísticos ofereceram suporte para a rejeição da hipótese nula do trabalho nos períodos de 90, 180 e 360 dias após o evento, inferindo-se que, no período e nas empresas pesquisadas, evidências indicam que a divulgação de recompra de ações produziu efeito negativo nos retornos anormais. Advogamos por outras investigações sobre o assunto, verificando fatores como efeito sobre a distribuição de dividendos, aspectos como liquidez e concentração de ações, bem como a ocorrência ou não da efetiva recompra das ações anunciada.

Texto completo: PDF