Open Conference Systems, V Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis - AdCont 2014

Tamanho da fonte: 
Analise Da Eficiência Da Estrutura Financeira E De Liquidez No Desempenho Das Vinte Maiores Cooperativas De Crédito Brasileiras
Rodrigo Barraco Marassi, Tarcísio Pedro da Silva, Tarcísio Pedro da Silva

Última alteração: 2014-09-05

Resumo


Este estudo objetivou analisar a eficiência da estrutura financeira e de liquidez no desempenho das vinte maiores cooperativas de crédito brasileiras. No referencial teórico abordou-se sobre cooperativas de crédito, desempenho econômico-financeiro de cooperativas de cooperativas de créditos, assim como estudos anteriores correlatos com o tema da presente pesquisa. Realizou-se uma pesquisa descritiva, conduzida por análise documental e abordagem quantitativa, com emprego de Análise Fatorial. A amostra é composta pelas vintes maiores cooperativas de crédito do Brasileiras, de acordo com o Banco Central do Brasil (BACEN) e foram coletados dados referentes ao período de 2008 à 2012. A Análise Fatorial dividiu as variáveis, referente aos indicadores de estrutura financeira de liquidez de acordo com o Modelo PEARLS, em três fatores. Esses fatores apresentaram fortes oscilações no posicionamento das cooperativas, devido a seu desempenho causado pela consistência das variáveis de cada fator, que de acordo com as cargas fatoriais também variaram no decorrer do período. Conclui-se, que os indicadores de estrutura financeira tiveram mais força para mensurar a eficiência das cooperativas de crédito, porém a influência dos indicadores de liquidez causou fortes alterações no posicionamento das cooperativas de crédito brasileiras. Assim, sugere-se acompanhar o desempenho econômico e financeiro das Cooperativas de Créditos no Brasil, para a realização de outros estudos.

Texto completo: PDF