Open Conference Systems, VI Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2015

Tamanho da fonte: 
Lazer em Família e Pessoas com Síndrome de Down: um Estudo sob a Perspectiva Transformativa
Marina Faria, Leticia Casoti

Prédio: UNIGRANRIO
Sala: Sala 3
Data: 2015-10-30 04:30  – 06:00
Última alteração: 2015-10-25

Resumo


A presente pesquisa faz parte de uma investigação mais ampla que buscou compreender, por meio de narrativas de história de vida, alguns aspectos de práticas de consumo de sujeitos Down e de suas famílias. Diante da importância dos serviços de lazer para a inclusão social, optou-se por gerar este artigo com foco na discussão sobre as atividades escolhidas pelos Down e seus familiares para despenderam seu tempo livre. Sendo assim, o objetivo foi definido como investigar as práticas de consumo de serviços de lazer por pessoas com Síndrome de Down no contexto de suas famílias. As entrevistas foram realizadas de forma que fossem ouvidos mães, irmãos e Downs sempre que possível e compreenderam três principais instâncias: (1) narrativas da história dos deficientes e de suas famílias; (2) apresentação e descrição de fotografias selecionadas pelas famílias, procedimento denominado “álbum de família”; e (3) aplicação de técnicas projetivas. Os resultados sugerem que, a despeito de existir a visão de que “a vida do Down é um eterno lazer”, ainda é preciso vencer algumas barreiras, principalmente atitudinais, para que se possa utilizar o lazer como ferramenta efetiva para a inclusão social das pessoas com a Síndrome de Down. Outro importante achado diz respeito à influência que o sujeito Down tem nas escolhas de lazer de seus familiares, em especial nas das mães.

Texto completo: PDF