Open Conference Systems, VI Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2015

Tamanho da fonte: 
Avaliação da Relação entre Tamanho e Desempenho de Fundos de Ações: O Caso dos Fundos de Bancos de Varejo
Manuel Alcino Ribeiro da Fonseca, Leonardo Barros de Moura

Prédio: UNIGRANRIO
Sala: Sala 5
Data: 2015-10-30 02:00  – 04:00
Última alteração: 2015-10-25

Resumo


Em relação aos inúmeros métodos e procedimentos disponíveis para avaliação “ex post” da gestão de carteiras, o presente estudo visa tratar especificamente da questão do desempenho dos fundos em relação ao seu tamanho – avaliado segundo o patrimônio líquido. Ou seja, a questão aqui tratada é se é válido concluir, com base em dados disponíveis para fundos de ações no mercado brasileiro, que o desempenho desses fundos é positivamente, ou negativamente, relacionado ao seu patrimônio. Para tanto, foi recolhida uma amostra com 30 fundos de investimento em ações, disponíveis nos seis bancos de varejo que atuam no Brasil. Levantaram-se dados referentes ao retorno diário desses fundos e seus patrimônios líquidos no período de 31 de dezembro de 2010 a 27 de fevereiro de 2015. Embora os resultados encontrados estejam necessariamente limitados ao conjunto dos dados utilizados, assim como ao período considerado, nos casos analisados, a hipótese nula de ausência de correlação foi rejeitada estatisticamente, e foi aceita a hipótese alternativa de que existe relação linear positiva entre tamanho dos fundos de ações (representado pelo patrimônio líquido) e seu desempenho (avaliado pela razão de Sharpe).

Texto completo: PDF