Open Conference Systems, VI Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2015

Tamanho da fonte: 
Avaliação da Percepção do Uso de Mapas Conceituais e Estudos de Caso no Ensino de Finanças: Análise das Respostas dos Alunos de Administração Financeira da UFAM
Dayseanne Costa Teixeira, Carla Macedo Velloso-dos-Santos, Janderson Maués do Nascimento, Claudio Zancan, Waldemar Antônio da Rocha de Souza

Prédio: UNIGRANRIO
Sala: Sala 6
Data: 2015-10-30 04:30  – 06:00
Última alteração: 2015-10-25

Resumo


O ensino de Finanças como campo da Administração no Brasil ilustra transformações e necessidades específicas. Assim, analisa-se frequentemente a qualidade do ensino de Finanças em nível de graduação no Brasil e exterior. Nesse sentido, o objetivo do atual estudo foi avaliar a percepção dos alunos de graduação de Administração e áreas correlatas quanto à criatividade, a motivação e a proficiência usando estudos de caso e mapas conceituais em disciplinas da área financeira. Aplicando análise fatorial confirmatória (AFC), examinou-se o resultado de questionário com doze perguntas, derivadas de quatro variáveis para cada construto teórico dos fatores, aplicado em duas turmas de graduação de Administração Financeira I, da UFAM. Os resultados identificaram que ao fator criatividade associaram-se as variáveis iniciativa, análise crítica e originalidade, ao fator motivação, as variáveis facilitação e interesse. Finalmente, ao fator proficiência, associaram-se as variáveis identificação e aprendizado. Os resultados alinharam-se com pesquisas análogas sobre o uso de mapas conceituais e estudos de caso em disciplinas de graduação. Também, o uso de mapas conceituais e estudos de caso no ensino de graduação de finanças no Brasil pode responder positivamente às necessidades didáticas de disciplinas e cursos da área financeira, resultando na melhoria da eficiência do aprendizado dos alunos.

Texto completo: PDF