Open Conference Systems, VI Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2015

Tamanho da fonte: 
Teoria de Prática:Uma análise das Práticas de Consumo de Alimentos de Professores de IES Privadas
Marluce Dantas de Freitas Lodi, Eduardo Salgueiro Koch

Última alteração: 2015-10-25

Resumo


A alimentação e o seu estreito vínculo com a saúde, têm motivado pesquisas de diversas em diversas áreas do conhecimento. Sendo uma das atividades mais importantes, não somente por necessidade, mas por envolver aspectos sociais, econômicos, culturais, psicológicos e outros. Assim é importante estar constantemente questionando as diversas práticas associadas ao consumo de alimentos em diversos campos do conhecimento. O objetivo deste trabalho foi explorar e compreender como os professores de Instituições de Ensino Superior (IES) privadas se relacionam com as práticas de consumo de alimentos. O trabalho foi baseado na Teoria de Prática que transfere o foco das ciências sociais para as interações entre indivíduos e as estruturas sociais. Para tanto foram selecionados 16 professores de diversas IES para entrevistas sobre suas práticas de consumo de alimentos em que foi utilizada uma análise de conteúdo. Os resultados mostraram que os fatores tempo, praticidade, disposição, cultura, interação social e conformação estão presentes e relacionados no cotidiano dos professores entrevistados e em função disso os entrevistados deixam de levar em consideração a questão da saúde. O que se pode perceber é a prática de consumo do alimento em forma de “comida” e não em forma de alimento em si. Assim muitos entrevistados “comem” como forma de compensação ou merecimento por se alimentarem muito mal durante a semana.
Palavras chaves: Práticas, Consumo de Alimentos e Teoria de Práticas

Texto completo: PDF