Open Conference Systems, VI Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2015

Tamanho da fonte: 
Análise dos Impactos da Adoção do Beyond Budgeting na Percepção dos Gestores das Instituições Financeiras Federais Brasileiras
Fernando Filardi

Prédio: UNIGRANRIO
Sala: Sala 7
Data: 2015-10-30 09:00  – 10:30
Última alteração: 2015-10-25

Resumo


O orçamento figura como um dos principais instrumentos de planejamento e produção de informações especializadas que auxiliam a tomada de decisão. No entanto, apresenta fragilidades as quais motivaram o surgimento de críticas que desencadearam novas vertentes de pensamento. O modelo Beyond Budgeting surgiu como antítese ao modelo tradicional e se destacou por defender o abandono do orçamento por parte das empresas, sugerindo como alternativa a adoção de um conjunto de princípios orientados para a descentralização da liderança e flexibilização dos processos. Considerando a importância do orçamento para a gestão das organizações, a presente pesquisa objetivou analisar os impactos da adoção do Beyond Budgeting na percepção dos gestores das instituições financeiras federais. Como referência, o estudo considerou a aplicação dos princípios do modelo sobre as funções de planejamento, controle, coordenação, recursos, metas e recompensas. Como método de coleta de dados foram realizadas entrevistas para captar a percepção dos gestores de 6 instituições federais quanto à aplicação da abordagem Beyond Budgeting e validar as principais críticas dirigidas ao orçamento presentes na literatura. As entrevistas foram submetidas à análise de conteúdo e os resultados permitiram identificar que o processo orçamentário das instituições tem razoável flexibilidade e as unidades operacionais possuem autonomia para elaborar e gerir seus orçamentos. No geral, a concordância com as críticas pode ser considerada moderada, mas contrastam com o grau de importância do orçamento no processo decisório. Os achados revelaram também que alguns conceitos do modelo já são empregados pelas instituições e outros, apesar do reconhecimento dos aspectos positivos da proposta, dificilmente seriam implementados em função dos aspectos culturais e do ambiente institucional em que as empresas estatais estão inseridas.

Texto completo: PDF